Federação Paulista de Golfe

Notícias

  • Home >>
  • notícias
quarta-feira 08 de maio de 2019

O golfe se despede de Carlos Augusto Parisi, dirigente do Poços de Caldas Golf Club

A diretoria da Federação Paulista de Golfe solidariza-se com a família, neste momento de dor

 

parisi 650 obtuarioFaleceu nesta terça-feira, 7 de maio, aos 82 anos, Carlos Augusto Parisi, fundador e durante muitos anos presidente do Poços de Caldas Golf Club, em Minas Gerais. Carlos Parisi foi o idealizador do campo de golfe de nove buracos que sucedeu ao primeiro percurso de golfe da cidade, o Country Club, criado em 1932, com seis buracos, e frequentado pelo presidente Getúlio Vargas, golfista apaixonado. A área deste primeiro campo viria a ser retoma pela prefeitura para a criação do atual Parque Municipal Antônio Molinari.

Carlos Parisi foi um dos que ajudou nos esforços entre os amantes do golfe, empresários da cidade e fazendeiros da região, para inaugurar, em 1984, ao lado do aeroporto, um novo campo de golfe, este com nove buracos, que recebeu o nome de seu ancestral, Pedro Parisi, em homenagem a um dos primeiros golfistas de Poços de Caldas.

Importância - Carlos Parisi tornou-se a pessoa mais influente do golfe da região com suas ideias pioneiras, como a de filiar o Poços de Caldas Golf Club, então o único campo do estado de Minas Gerais, à Federação Paulista de Golfe (FPG), o que deu um grande impulso ao clube, que passou a contar com a grande estrutura de organização e divulgação da maior federação do golfe brasileiro.

Parisi comandou o Poços de Caldas GC nos anos de transição entre o primeiro campo, de seis buracos, e seu sucessor, de nove, ao lado do aeroporto, quando cumpriu três mandatos consecutivos, de 1982 a 1988. Ele voltaria a ser presidente do clube de 1989 a 1992; de 2000 a 2002; e de 2008 a 2015, cumprindo ao todo nove períodos como presidente do clube que, desde 2014 tem novo campo, no Serras Altas Golf Estate, ainda com o nome de Poços de Caldas GC.