Federação Paulista de Golfe

Notícias

  • Home >>
  • notícias
segunda-feira 02 de setembro de 2019

Aberto da Associação Esportiva São José: Donizetti de Souza vence em casa de virada

Juvenis Adiston Ramos e Pedro Miyata, este de apenas 12 anos, terminaram a seguir

 

Donizetti vence Aberto da AESJ 1150

Donizetti vence o Aberto da Associação Esportiva São José. Foto: Ricardo Fonseca/F2 Comunicação

Depois de surpreender os adultos com uma volta de 74 tacadas, para ser um dos líderes do primeiro dia, a chuva que não teu trégua o dia todo deixou o campo empapado e muito mais longo para Pedro Miyata, de apenas 12 anos, do São Fernando, que fez um único birdie, de longe, no 18, para terminar em terceiro lugar e ver seu parceiro de jogo, o local Donizetti de Souza, o outro líder da véspera, abrir o dia com par-eagle-birdie, e vencer o 22º Aberto da Associação Esportiva São José, neste domingo, dia 1ª de setembro, em São José do Campos (SP), com 147 (74-73) tacadas, sete acima do par. O torneio valeu para os rankings masculino e feminino, scratch e com handicap índex, da Federação Paulista de Golfe (FPG).

INternas aesjVeja algumas fotos da premiação
Aguarde o álbum de fotos completo

Outro juvenil de destaque foi Adiston Ramos, revelação da casa, que igualou o melhor resultado da volta final para ainda ser o vice-campeão, com 152 (79-73) tacadas. Miyata terminou a seguir, com 153 (74-79), ficou sem troféu na scratch, mas teve a comemorar ter jogado a volta final no pelotão de um torneio adulto do ranking estadual pela primeira vez na carreira, depois de já ter surpreendido e ficado entre os melhores no primeiro dia do Aberto do São Fernando, que valeu para o ranking mundial e reuniu muitos dos melhores do Brasil.

Handicaps – Na classificação por handicaps índex, onde os prêmios eram acumuláveis, Donizetti também venceu, com 139 (70-69), seguido por Paulo Armani, da Bahia, com 143 (76-67), e por Miyata, que também somou 143 (69-74) mas ficou com o troféu de terceiro colocado nos critérios de desempate. Na 8,6 a 14, dobradinha de São José, com Vitor Porto campeão, com 139 (67-72) e Benedito Aparecido Ferreira, vice, com 142 (74-68). Mais dois jogadores terminaram com 142, deixando a decisão dos troféus para o critério de desempate. Adilson Momose (72-70), de Bastos, ficou com o de terceiro lugar, e Ademir Mazon (69-73), do Sapezal, sem troféu.

Nas categorias com handicaps índex mais altos, são deu São José. Mario Nakamura vendeu na 14,1 a 19,4, com 133 (64-69), seguido por Homero Scarinzi, com 134 (70-64); e por Walter Ariyoshi, com 135 (67-68). E na 19,5 a 25,7, Jose Atílio Gazola foi campeão com 137 (71-66), seguido por Jose Carlos Fogaça, com 139 (66-73) e por Daniel Antônio Sanchez Pena, com 146 (73-73).

Feminino – Entre as mulheres, a campeã gross foi Kimiko Yaguchi, de São José, com 185 (96-89), e a vice Maria Rita De Melo, de Poços de Caldas, clube mineiro que compareceu com cinco jogadores, com 186 (90-96). Na classificação por handicaps índex até 16, Kimiko venceu com 153 (80-73), seguida por Maria Rita, com 160 (77-83) e por Keiko Shimomaebara, do PL, com 163 (82-81).

Na 16,1 a 25,7, Suzy Lin Ai Chiu, do São Paulo GC, foi campeão com 138 (70-68) tacadas, no desempate com Iracema Ariyoshi, de São José, que também somou 138 (69-69), mas jogou pior na volta final Tania Fogaça deu mais um troféu a São José e à família ao terminar em terceiro, com 144 (71-73).

Premiação – Mauro Batista, diretor-executivo da FPG, apresentou a entrega de prêmios, que teve a mesa composta por Antônio Carlos Padula, presidente da FPG, e seu vice, Ademir Mazon; Rui Marson, presidente do Conselho Deliberativo da AESJ; Kako, presidente da AESJ; Gilberto Cardoso, capitão do clube, e Iracema Ariyoshi, a capitã.

Antes da entrega de prêmios, feita no salão de eventos, durante um coquetel, houve uma homenagem a Kendall Dunn, de Bastos, que apesar de aniversariar neste domingo fez questão de comemorar a data jogando o torneio. O evento terminou com o sorteio de dezenas de brindes para os participantes. Ninguém ganhou a tevê TV 55” LED UHV Samsung que o clube oferecia para quem fizesse o primeiro hole-in-one.

Patrocínio – O 22º Aberto da Associação Esportiva São José teve patrocínios de Universo Materiais Elétricos e Plátano Investimentos, além de apoios de Amagai Imóveis, Camargo + Porto Advogados Associados, Crystal Land Empreendimentos Imobiliários, GPG Logística e Transporte, Grupo Tubarão Mineração, Nikkeypar e Vale Internações Domiciliares. A organização foi da Associação Esportiva São José e da Federação Paulista de Golfe.

Resultados completos