Federação Paulista de Golfe

Notícias

  • Home >>
  • notícias
segunda-feira 16 de setembro de 2019

Honda Open – Aberto do Damha – Taça Gocil: Negrini é tetracampeão e faz história

Revelação do golfe de São Carlos vence seu segundo título seguido do ranking paulista

 

Premiacao Marcos Negrini, campeao scratch 1150

Negrini conquista seu quinto título do Aberto do Damha em seis anos. Fotos: Thais Pastor/F2 Comunicação

Marcos Negrini conquistou neste sábado, 14 de setembro, em São Carlos (SP), o tetracampeonato do Honda Open – Aberto do Damha – Taça Gocil 2019, escrevendo seu nome como o maior campeão do clube que o revelou para o golfe brasileiro. Negrini venceu cinco das seis últimas edições do Aberto do Damha, e ainda foi duas vezes vice campeão, em 13 anos do evento.

internasVeja as fotos da premiação.
Aguarde: em breve, álbum de fotos completo, neste mesmo link.

Este foi também o segundo título consecutivo de Negrini em torneios válidos para o ranking da Federação Paulista de Golfe (FPG), depois de ter vencido, no domingo anterior, o Aberto do Sapezal, em Indaiatuba. A festa do Damha foi completa, com o clube conquistando três dos quatro títulos masculinos com handicap índex e uma das duas categorias femininas. Para finalizar, o Damha venceu a etapa do Campeonato de Clubes por Handicap Índex do Estado de São Paulo.

Vitória – Negrini, que começou a aprender golfe ainda menino, durante a construção do Damha Golf Club, foi campeão de ponta a ponta, com 150 (75-75) tacadas, cinco de vantagem sobre Matheus de Oliveira, que começou o dia perdendo por uma e foi o vice-campeão com 155 (76-77). Heitor Porto, também da equipe Inove de alto rendimento do Damha, ficou em terceiro, com 156 (77-79).

Na classificação por handicaps índex até 8,5, o título ficou para Rogerio Cardoso, do Damha, com 139 (68-71) tacadas, cinco abaixo do par, seguido por Matheus de Oliveira, o vice da categoria com 143 (70-73), e por Heitor Porto, do Damha, terceiro colocado com 148 (73-75). Na 8,6 a 14, mais um título para o Damha, com Felipe Talarico vencendo de ponta a ponta, com 135 (67-68), seguido por Cristiano Verdi, do Quinta do Golfe, com 141 (70-71). Leandro Metzner (72-71), do Arujá, levou o troféu de terceiro lugar no desempate contra Andre Simão (73-70), do Damha, depois que ambos empataram com 143 tacadas.

Mais premiados – Deu Damha também na 14,1 a 19,4 com Guilherme de Camargo sendo campeão com 136 (67-69) tacadas, oito abaixo. Sergio de Figueredo, do Ipê, foi o vice, com 137 (69-68), seguido por Satoshi Kurotaki, do Damha, terceiro com 138 (70-68). E na 19,5 a 25,7, o campeão foi Rodrigo Peixe, do Terras de São José, com 136 (70-66), apenas uma tacada à frente de Constantino Ajimastro Junior, o Grego, vice-campeão com 137 (69-68). Luiz Eduardo de Albuquerque, do Guarapiranga, ficou em terceiro, com 138 (69-69).

O Damha venceu a etapa do Campeonato de Clubes por Handicap Índex do Estado de São Paulo, onde valiam dois dos três melhores resultados net de cada clube, jogando com Rogério Cardoso, Guilherme de Camargo e Felipe Talarico, que somaram 271 tacadas, contra 278 do Ipê e 286 do São Fernando.

Feminino - Entre as mulheres, Adriana Cabernite, do Terras de São José, venceu entre as de índex até 18, com 152 (74-78) tacadas, seguida por duas jogadoras do Damha: Bianca Vidal, com 155 (84-71), e Cristina Rosel, com 157 (77-80). Na 18,1 a 33,8, na modalidade stableford, venceu Marisa Machado, do Damha, com 65 pontos, seguida por duas jogadoras do Ipê: Maria Tereza Define, com 59, e Celia Petrov, com 58 pontos.

Atrações – O show de encerramento do Aberto do Damha ficou por conta da banda Bohemian Rock, cover da Queen. A banda formada por Luizinho Caldeira (Freddie Mercury), Carlos Augusto (Brian May), Davi Henrique (John Deacon) e Pedro Martin (Roger Taylor) comemorou um momento especial, pois este mês Freddie Mercury (1946 – 1991) estaria completado 73 anos. Os integrantes vestiam figurinos fieis aos da banda inglesa e foram muito aplaudidos pelo público.

Antes do show, quem se apresentou no meio dos convidados, durante o happy hour, foi o ilusionista brasileiro Philip Blue, com truques que deixaram até os mais céticos impressionados. Foi aplaudido com entusiasmo a cada novo truque. Também houve uma clínica para convidados da Honda, comandada pelo profissional Ricardo Melo, comentarista da ESPN.

Carlos Gonzalez, o Carlão, presidente do Damha, que também representou a Gocil, apresentou a entrega de prêmios que teve a mesa formada ainda por Rogério Sakurai, da área de marketing da Honda; Ademir Mazon, vice-presidente da Federação Paulista de Golfe, e Emiliano Saran, da Saran Eventos e Saran Consulting, que representou a Innova e a EMS.

Patrocinadores – O Honda Open – 13º Aberto do Damha – Taça Gocil 2019 teve Patrocínio Master de Honda e Gocil Segurança e Serviços e patrocínio de EMS e Innova. Os demais patrocinadores foram 4dot Eventos, Alho Negro, Baterias Trojan, Black Bird Pub, Cachaça Cabaré, Conceito Store, Contar Digital Contabilidade, Damha IV, Damha Village IV, Dom Pedro Laguna, Dom Tapparo, Fibras Mil Cereais, Flamant Cidra, Golden Class, Golf Travel, Iguatemi São Carlos, Inove Transformadores, Instituto Inova, Jairo Bianco, Kife, Lig Veículos Elétricos, Natural Hair, Nelson Willians & Advogados Associados, Petra, São Bento Golfe, Saran Consulting, Saran Eventos, Solbras, Tapetes São Carlos, TNT e Tulha – The Class Restaurante. A Mídia Parceira teve o Portal Brasileiro do Golfe (www.golfe.esp.br) e Record TV – Interior SP. A organização foi do Damha Golf Club e da Federação Paulista de Golfe.

Resultados finais