Federação Paulista de Golfe

Notícias

  • Home >>
  • notícias
terça-feira 15 de outubro de 2019

Latino-Americano: Equipe da Federação Paulista tenta, no México, dar título inédito ao Brasil

Campeonato criado para comemorar chegada do Golf Channel ao continente completa 12 anos

 

Delegacao da FPG com Mazon, Fonseca, Park, Dontal e Costa 650A equipe da Federação Paulista de Golfe (FPG) formada por Matheus Park, do Paradise; Alessandro Fonseca, do Careca; Ademir Mazon, do Sapezal; e Flávio Cabral Costa, do Japy, chegou nesta segunda-feira, 14 de outubro, a Tulum, no México, para representar o Brasil na disputa do 12º Campeonato Latino-Americano de Golfe, de quarta a sexta-feira, no Riviera Maya Golf Club. A equipe foi selecionada numa final brasileira, em julho, no Sapezal – FPG. Geraldo Dontal, vice-presidente da FPG, é o delegado da equipe.

Ao lado, Delegação da FPG, com Mazon, Fonseca, Park, Dontal e Costa

O Latino-Americano é o campeonato amador para golfistas de todos os handicaps mais importante de todo o continente, com cobertura completa pelo Golf Channel, que patrocina o evento. As seletivas da FPG envolveram mais de 1,3 mil golfistas filiados à entidade que participaram dos torneios válidos para os rankings da FPG da temporada de 2018, com os melhores classificando-se para essa final. A partir do próximo ano, o sistema de seleção será ampliado, com a classificação final passando a reunir não só os melhores da temporada de 2019 mas também os primeiros do ranking do primeiro semestre de 2020.Latino todos os campeoes ate 2018

História – O Latino-Americano foi criado em 2007 para comemorar a chegada do Golf Channel à América Latina, no ano anterior. O Golf Channel sempre patrocinou o evento, que tem cobertura completa pelo mais importante canal de golfe do mundo. De 2500 golfistas envolvidos em suas seletivas regionais em sua estreia, o evento foi crescendo de importância até envolver mais de 10 mil jogadores da região nos últimos três anos. No caso da equipe da FPG, a equipe viaja com tudo pago para defender o Brasil no torneio.

O Brasil, que foi sede da competição de 2012, no Iberostar, nunca venceu a competição. O time da FPG terá como principais adversários a Argentina, que busca o tricampeonato e seu quatro título do torneio, e o México, o maior ganhador do evento, que joga em casa em busca de sua quinta vitória, mas a primeira desde 2015. Também participaram das 11 edições anteriores equipes do Paraguai, que tem dois títulos, a Venezuela, campeã no primeiro ano, além de Colômbia, Chile, México, Peru, Panamá, República Dominicana, Nicarágua, Guatemala, Uruguai e Costa Rica.