Federação Paulista de Golfe

Notícias

  • Home >>
  • notícias
quinta-feira 14 de novembro de 2019

Imperial supera Ibiúna para ser campeão do Interclubes por Handicap Índex de São Paulo 2019

Título da equipe de Bragança Paulista só foi decidido no buraco 17 do quinto dos seis jogos do dia

 

Imperial: campeão paulista por Hcpx de 2019

Imperial: campeão paulista por Hcpx de 2019

Apesar da vantagem de ter vencido o jogo de ida, na casa de adversário, e de decidir o título em seu campo, em Bragança Paulista (SP), no jogo de volta, o Imperial Golf Club não teve uma vitória fácil, nesta quarta-feira, 13 de novembro, para conquistar seu primeiro título do Interclubes por Handicap Índex Masculino do Estado de São Paulo. O placar final de 16 x 8, sendo 8 x 4 nesse jogo final, não reflete a dificuldade que o Imperial teve para superar, nos detalhes, o Ibiúna Golf Club, que soube valorizar o título do adversário nos dois confrontos da decisão.

O Imperial venceu o jogo de ida por 8 x 4 e entrou em campo precisando de duas vitórias e um empate em seis jogos, todos de match play, para ser campeão. O Ibiúna precisava vencer quatro jogos para empatar com o adversário, e ainda depender do total de buracos ganhos, primeiro critério de desempate, que esteve a seu favor em boa parte do dia. Pela manhã, nos jogos de duplas, houve uma vitória para cada lado, sendo que o Imperial só ganhou o seu jogo no buraco final. Se tivesse perdido entraria nos jogos da tarde empatado com o Ibiúna em 8 x 8.

Decisão – O primeiro jogo de duplas foi ganho pelo Ibiúna, com Christian Berti e Willian Muniz superando Robson Segalla e Marcos Emílio Gomez por 2 & 1 (venciam por dois buracos, restando um a jogar). Logo em seguida. Renan Francisco e Ivair Tadei, do Imperial, empataram o placar do dia ao derrotar Alexandre Maria e Mauricio Cotrim por 1 up, ou seja terminaram o buraco 18 ganhando por um.

À tarde, os quatro jogos individuais do dia, também começaram com uma vitória para cada lado. O Ibiúna marcou primeiro, com Willian Muniz deixando Robson Segalla no buraco 13 (6 & 5). Pouco depois, Ivair Tadei marcou para o Imperial ao superar Alexandre Maria por 5 & 4. Nesse momento o Imperial jogava por um empate nos dois jogos finais, mas o Ibiúna se vencesse os dois seria campeão nos critérios de desempate.

Título – A emoção durou pouco, com Fabiano Pires marcando os dois pontos decisivos para o Imperial logo depois ao se impor a Edson Hirano por 2 & 1. Placar parcial de 14 x 8 para o Imperial, que não podia mais ser revertido. Não valia mais dada, quando Renan Francisco também ganhou por 2 & 1 de Pedro e Bezerra, selando o placar de 16 x 8, com parciais de 8 x 4 tanto nos jogos de ida como nos de volta.

O Imperial havia sido o campeão da fase de classificação, disputada em oito rodadas de stroke play, o que lhe deu a vantagem de fazer os jogos semifinal e final de volta em seu campo. Na semifinal o Imperial ganhou do PL Golf Club por 14 x 10. Na outra semifinal, o Ibiúna, segundo da fase de classificação, mandou o jogo de volta e ganhou do Guarujá também por 14 x 10.

Organização – O 17º Interclubes por Handicap Índex Masculino do Estado de São Paulo foi organizado pela Federação Paulista de Golfe (FPG). Essa é a maior competição de golfe do Brasil, tanto em duração como em número de jogadores envolvidos. A FPG também organiza o Interclubes Masculina Scratch do Estado de São Paulo, que terá nove clubes em campo de sexta-feira a domingo, 17 a 17 de novembro, no Ipê Golf Club, em Ribeirão Preto (SP).