Federação Paulista de Golfe

Notícias

  • Home >>
  • notícias
segunda-feira 16 de dezembro de 2019

Federação Paulista encerrou temporada de 2019 com torneio e festa de premiação no Sapezal

Melhores de SP e MG foram homenageados no evento que marcou a troca de comando da entidade

 

Melhores16a19 1150

Muitos dos melhores golfistas de São Paulo e dos demais clubes filiados à entidade foram ao Sapezal Golfe Clube – FPG, em Indaiatuba (SP), neste domingo, 15 de dezembro, para o evento de encerramento da temporada de 2019 da Federação Paulista de Golfe. O dia teve torneio festivo de nove buracos, homenagem aos melhores jogadores dos últimos quatro anos, e almoço de encerramento onde a atração foi uma elogiada paella, além da despedida oficial de Antônio Carlos Padula que, após seis anos à frente da entidade, passa o comando para Ademir Mazon, a partir de 1º de janeiro de 2020.

Melhores internasVeja dezenas de fotos da cerimônia de encerramento
Aguarde: álbum completo neste mesmo link!

O profissional Alexandre Rocha, melhor brasileiro da recém encerrada temporada do PGA Tour Latinoamérica, onde ficou em 16º no ranking de prêmios, entre mais de 200 profissionais de todo o mundo, foi uma das atrações do torneio, onde também foram destaque Gui Grinberg, Thomas Choi, Lauren Grinberg e Fernanda Lacaz, todos entre os cinco melhores amadores do Brasil em suas categorias. Eles estão entre os melhores amadores dos rankings de 2016 a 2019 da FPG, que homenageou 72 jogadores que apareceram como destaque 132 vezes em suas categorias nesse período.

Os campeões scratch do torneio festivo deste domingo foram Fernanda Lacaz, campeã com 33 tacadas, e Gui Grinberg, que venceu com 34. Entre as mulheres, as premiadas da categoria única com handicap foram as irmãs Isadora, a campeão, e Rafaela Fernal, a vice, ambos com 33 tacadas. Entre os homens de handicap até 18, Eduardo Ferreira venceu com 31 tacadas, seguido por Leandro Metzner, com 32. Na 18 a 32, José Villega venceu com 31 tacadas, segundo por Nilson Peneda, com 32, que levou o troféu de vice-campeão ao superar Padula nos critérios de desempate.

Homenagem – Após o torneio houve a homenagem com entrega de medalhas aos melhores das temporada de 2016 a 2018. Muitos receberam várias delas, como Lauren Grinberg, do Lago Azul, hoje morando nos EUA, com oito citações, seguida por seu irmão mais novo Gui Grinberg, hoje no São Paulo GC, listado cinco vezes. A seguir, com quatro nominações, estavam Antônio Carlos Padula, presidente da FPG, do Itapeva, Thomas Choi, do São Paulo GC; e Pedro Miyata, do São Fernando.

Listados três vezes estavam José Villega, ex-Avaré, agora no Sapezal; Fernanda Harada, do Lago Azul; Marcos Negrini, do Damha; e Marcos Park, do Paradise. Houve vários jogadores homenageados duas vezes, incluindo Ademir Mazon, do Sapezal, presidente eleito da FPG e anfitrião do evento deste domingo.  Após a premiação houve o almoço de confraternização.

Despedida – Esse foi o último torneio de Padula à frente da FPG. Ele aproveitou para agradecer a toda a sua diretoria pelo apoio e dedicação e listou brevemente muitos dos sucessos de sua gestão, em especial o projeto do Sapezal, que passou a ser o campo oficial da FPG e sede de muitos projetos sociais que irão deixar um legado da entidade não só para o golfe como para as comunidade local. Padula desejou sorte e sucesso à nova diretoria, apostando que todos tem predicados e competência para consolidar as conquistas da entidade e ir além.

Ademir, o presidente eleito, agradeceu aos 25 clubes que ser fizeram representar no torneio de encerramento do ano, ressaltou a honra de ter no Sapezal muitos dos melhores golfistas de São Paulo e do Brasil, incluindo Rocha e o carioca Daniel Kenji Ishii, que foi apenas acompanhar a festa, e os pais, avôs, avós e mães presentes, em especial Isa Lacaz, diretoria juvenil da FPG.

Social – Ademir também deu ênfase aos projetos sociais Golfe Nata 10 e Golfe Chave para o Futuro, esse uma ação profissionalizante de acaba de ganhar o apoio da John Deere, uma das maiores fabricantes de máquinas, implementos agrícolas e equipamentos de construção do mundo, com importante atuação no golfe. Mas Ademir adiantou ainda forte investimento no golfe infanto-juvenil e feminino e parcerias com a Associação Brasileira de Golfe Sênior (ABGS), Associação Paulista de Golfe (APG) e Brasil Kids Golf Tour para realizar torneios conjuntos ou agregados, esse último com os juvenis paulistas.

Paulo Tambara, presidente Sapezal agradeceu Ademir e a toda a diretoria da FPG por permitir que ele e os demais golfistas que já frequentavam o clube pudessem fazer parte de uma entidade oficial e destacou o empenho conjunto de todos para fazer do Sapezal um campo cada vez melhor e de ser sede de um evento com a importância do deste domingo.